O Crime dos Templates

Admin

In Artigo, Web

Antigamente, quando alguém queria comprar um fato, deslocava-se ao alfaiate. O alfaiate tirava as medidas, anotava e fazia um fato à medida do seu cliente. Hoje, a esmagadora maioria das pessoas prefere deslocar-se a lojas, onde os fatos estão prontos a vestir. Basta escolher e experimentar.

E não é porque o Alfaiate tenha vindo a perder qualidade nos seus serviços, mas apenas por dois motivos:

1º É MUITO mais barato escolher um fato que está pronto a vestir, mesmo que a qualidade do tecido e das costuras não sejam bem os mesmos. Aliás, se não durar muito, é a desculpa perfeita para comprar um novo. E os dois juntos continuam a ficar mais baratos que o do alfaiate;

2º Não ter que esperar o tempo necessário para que o fato seja feito. Tempo, é coisa que as pessoas parecem não ter hoje em dia.

Mas se colocarmos os valores de lado e perguntarmos qual das duas opções é preferível, a grande maioria responderá, provavelmente, que prefere ter um fato feito à sua medida.

Na nossa área achamos o mesmo. Se nos desafiarem para um projecto feito à medida, os nossos olhos brilham, pois temos em mãos a oportunidade de fazer aquilo em que somos bons e de que mais gostamos.

No entanto, alguns dos clientes que chegam até nós, já conhecem um pouco do mercado e colocam-nos a seguinte questão: “é possível reduzir os custos, se usarmos aqueles templates em que a base já está feita?” Até porque têm vários conhecidos que o fizeram dessa forma.

É claro que mesmo usando uma base de template, é possível modifica-la graficamente e também ao nível do código. Mas ainda assim, nestas alturas temos que perguntar ao cliente que objectivos pretende alcançar com o seu site. É com base nesta resposta que apresentamos uma proposta/ orçamento que se adapte às suas necessidades. E em muitos casos, opta-se por desenvolver um projecto de raiz, adaptado a uma marca.

Exemplo 1

Website desenvolvido com base em WordPress, no entanto, completamente modificado às necessidades do cliente.
VER PROJECTO

Exemplo 2

Website desenvolvido de raiz por ter características únicas que o diferenciam da maioria dos portais de autarquias.
VER PROJECTO

O nosso próprio site está desenvolvido sobre um template, que neste caso se justifica de forma simples: Em casa de ferreiro, espeto de pau.

Estamos constantemente dedicados aos projectos dos nossos clientes e por questões de tempo (ou falta dele), utilizámos uma base para apresentar o nosso portfólio online. E esse, deverá ser visto com muita atenção! 🙂

0 Comentários

Deixe o seu comentário